segunda-feira, 5 de maio de 2014

"QUEM TEM AMOR,NÃO TEM MOTIVO"




Queria falar da solidão,
da falta que você faz
dos olhos a te procurar
do amor negado.

Queria uma revolta pra gritar
uma pega que fosse pra brigar
um motivo pra quebrar o silencio
algo que permitisse agredir.

Que saco!

Tão perfeita,tão completa 
não deixa a porta aberta
para que a duvida impere.

Assim me tira o chão
e toda razão pretensa,
sem parâmetros pra questionar.

Quando então percebo
que não queria nada,
tudo foi dado com fartura,
todo amor e ternura,
pureza e candura 
que alguém possa dispor.

Não tenho direito sequer de pensar
em amarguras ou seja lá o que for,
sou grato a vida por cruzar nosso olhares
por preencher os meus vazios com seu amor.

Este suplanta toda duvida,
todo torto pensamento
alinha todo sentir,
cega,ensurdece,cala
por plenitude e arrebatamento.


Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário