sexta-feira, 9 de maio de 2014

"GÊNESIS"




Andava só, pelas belezas,
tudo era encantamento
havia vida por todo canto
sons,aromas,sentimentos.

Parecia não faltar nada,
visão surreal,
pintura sobre tela,
perfeição sem igual.

Mas ainda buscava,
de algo ainda ressentia,
a solidão incomodava
por ser persistente,sofria.

Este fato incomodou o artista,
dono da criação,
depois do sono profundo
uma costela de Adão.

Jogou na água do lago,
perto da macieira,
desperto logo avistou,
seu pecado...Companheira.

Flutuava nas águas do paraíso,
a mais linda visão do éden,
um muito de deus,
nada de homem.

Assim se fez consumar
completa a obra da criação,
Deus quando inseriu o homem,
assinou embaixo...Imperfeição.


Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário