"CÓPULA"

Ensejo,loucura e desejo,
delírio doce prazer
uma penumbra suave
entrega, acontecer.

Tenra maciez,
expressa em pele nua
deslize suave das mãos
profanação da lua.

Entrelaçados corpos
frenesi de impulsos
suor e calor ardente
jorro de jatos eloquentes.


Saciado desejo
festa em lampejos 
caricias e toques
carinhos e beijos.

Amor,sexo,cópula
numa perfeita invocação,
carnal invasão do templo, 
meu fraco,minha perdição.

Reginaldo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tributo a meu berço

"Flor Bebê"

Obra inacabada