sexta-feira, 6 de setembro de 2013



"NOVOS CAMINHOS!"

Infernou em chamas o paraíso,
tudo virou drama no rosto 
assustado do palhaço.

Não havia regresso,
sua via de acesso,
todavia se havia vigiada,
pelo pecado cometido e
trancado a segredo de chave.

Não se abre a força,
para escapar ileso da forca,
deves olhar para o alto,
implorar com um pedido de perdão.

Por ter destruído,roubado,
lesado um sorriso em vão.

Só lhe resta subir os degraus,
Retirar compaixão e piedade
dos seus demônios...

Enfrentar seus pesadelos,
para sua purificação...
Vitória, Libertação.

Não sois como os pássaros!
não podes voar!
Fujas covarde,
mais sem alarde,
deste calabouço imaginário.

Recomece...
Novo itinerário.

Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário