terça-feira, 24 de setembro de 2013



"AO PÔR DO SOL"


DESPEDIU-SE O DIA,
PRESSIONADO PELA TARDE 
DOURADA QUE SE FAZIA,
NA BEIRADA DO RIO.

ENCONTRO MARCADO,
NA SOLIDÃO DO SERRADO,
A DURAS PENAS,
DESFAZENDO PEQUENAS
MESQUINHEZ...

PRA SENTIR O CHEIRO,
O CALOR DE TE-LA
EM MEUS BRAÇOS
OUTRA VEZ.

ENTREGAR-ME AO AMOR,
RECEBER SEM PUDOR,
O MELHOR DE NÓS DOIS...

COM O POR DO SOL
INDISCRETO 
A ESPIAR.

Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário