sexta-feira, 20 de setembro de 2013

"DESPEDIDA"




QUANDO FOR A HORA

ME ABRAÇA,
ME BEIJA E CHORA,

MAIS NÃO DEMORA,
DEPOIS EM SILENCIO
VAI EMBORA.

TRISTEZA AGORA
FELICIDADE OUTRORA.

A VIDA É ASSIM
AS VEZES ASSUSTA,
APAVORA

QUEM TÁ AQUI 

OU QUEM VEM DE FORA.
O FATO ,EXATO
É QUE SEMPRE VEM OUTRO DIA,
OUTRO ALVORECER,

OUTRA AURORA.
QUANDO ENFIM
DESCOBRIRES
A BESTEIRA QUE FEZ...
VOLTE,SE SOLTE
QUE MEUS BRAÇOS
SERÁ SUA SORTE...
JUNTOS ATÉ A MORTE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário