"desilusão"

vou recolher as velas
baixar ancora
levar meu barco 
para o porto.

nesse mar revolto
não posso mais navegar
ha perigo que não quero correr

estou desistindo
baixando a guarda
me entregando
não quero mais lutar

vou ficar na areia
olhando de longe
as ondas quebrarem na beira da praia

namorando o horizonte
e o por do sol que não consegui buscar
desisto... meu barco
não vai mais navegar.

quero a segurança
a calmaria,tranquilidade
e a poesia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tributo a meu berço

"Flor Bebê"

Obra inacabada