quarta-feira, 2 de julho de 2014

"SÓ LEMBRANÇAS"




Sou um punhado de memórias,
amontoado de passado,
que já se soube futuro
embrulhado pra presente.

Pacote sem remetente,
deste lado do tempo,
apontado pra algum eu
como destino.

Já fui menino de colo,
moleque de rua,
que por imposição da vida
madurou a força.

Hoje tento ser eu,
um ponto de história,
um conto sem fadas
na ânsia do final feliz.


Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário