terça-feira, 15 de julho de 2014

"INTEMPÉRIES"


Venta,
lento na venta
eu ,catavento!

Rodo,
sempre sozinho,
eu,redemoinho!

Tempo alegre,
encalacrado na idade,
eu ,felicidade!

Ventania,
sopra do fim o cheiro,
eu ,passageiro!

Clamor,
em
meio a tempestade,
eu,amor!

Molho,
os olhos secos de choro,
eu,chuva!

Bonança,
sessa as tormentas da alma,
eu,calmaria!



Reginaldo'

Nenhum comentário:

Postar um comentário