sábado, 12 de julho de 2014

"PAGINAS DE LEMBRANÇAS"



Desfolhei o livro de memórias,
historias de um amor inacabado,
me vi só entre as paginas amarelas de tempo.

Insisti em continuar lendo,
tentando decifrar os códigos da alma,
pois a tinha num chumaço de papel.

A foto lembrava saudade,
os rabiscos eram imaturos,
só esboço,de uma arte final.

Mas segui com a leitura,
persisti em tatear tuas bordas,
sentindo te nas pontas dos dedos.

Abracei junto ao meu peito,
aquele romance platônico,
fechei os olhos...Atônito te encontrei!

No sopé da pagina quinze,
sozinha e tão perto de mim,
já te esperava no topo da dezesseis.

Demo-nos as mãos,
pra escrevermos nossa historia! 

Ainda longe do fim.

Reginaldo.

Imagem Robartilhada na linha do tempo de Leila Angelina Zanardi .

Nenhum comentário:

Postar um comentário