terça-feira, 22 de julho de 2014

"O CATADOR DE ESTRELAS"


Semeei pássaros no céu refletido nas águas,
pra minha surpresa ,eram estrelas do mar.

Migalhas de pão,em vão lancei,
tentando capturar tua essência.

Fiz tocaia,armadilhas,
na fiúza de deter sua beleza.

Voaram pro fundo,fugiram do mal,
esconderam na imensidão.

Meus olhos jamais irão velos voar,
assim buscando profundezas.

buscarei então o céu,
pra ter estrelas pousadas no dedo. 
 

Reginaldo


Nenhum comentário:

Postar um comentário