segunda-feira, 30 de junho de 2014

"VIA SACRA"




Cultuar o simples,
reverenciar o comum,
olhar no pequeno a grandeza do horizonte.

Molhar o rosto nos mananciais,
que fazem a fonte,
que levam sonhos e a alma lavada.

Purificar o tempo,
santificar as horas,
idolatrar os momentos que sopra o vento.

Gostar da noite,
mesmo que oculte o lua,
esconda as estrelas,ver beleza na escuridão.

Abraçar o dia na esperança das cores,
olhar o verde mesclado dos campos,
os pássaros,borboletas,as flores.

Retirar deste olhar toda euforia,
essencial alegria de viver,
colher pelo caminho poesia.

Tão necessária quanto a rotina,
via de mão unica,sem placa,
via sacra!

Sacrificado destino,
que forçou a criança,,interpelou o moço,
que se fez homem,depois menino.


Com olhos de ontem!


                                                                                                                             Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário