terça-feira, 3 de junho de 2014

"TOCANTE"




Bati o dedo na tecla,
saiu um som doido,
acho que toquei na ferida!

Só queria ouvir uma canção,
não revirar o baú de lembrança,
oculto em meio a bagunça.

Foi mal,fui mal,perdão.

Quem sabe um dia ouça cicatrizes,
dissolvidos"ais"em deliciosos solfejos,
querendo quase me ninar.

Então,entoar ao tocar no teclado,
menos doido,mas curado,
o silencio de nós dois.

Musica lenta,balada suave e viver,
acordes do tempo agora,lá fora,
e o amor depois.

Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário