segunda-feira, 15 de junho de 2015

'VER ALÉM..."

Para os olhos do Poeta..
O tempo é a caneta
a escrever teus rascunhos,
a pintar-lhe de branco os cabelos...

Dobrar de cansado a pele...

Para os olhos do poeta
o inefável é a meta...
A curva faz reta
e ele se presta aos caprichos do tempo.

Para os olhos do Poeta...
O vida é vento,fugaz,
Pensamento,
e vive-la é o ápice
do contentamento!

Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário