terça-feira, 12 de maio de 2015

"OPOSTOS"



Teus olhos deflagram um riso irônico,,
que os meus se escondem,ofuscam-se,
o ar se dissipa das asas acanhadas,
voo então torto e atônito!

Teus olhos declaram guerra
Por que a paz me habita,
eles se incomodam
com meu silêncio de pedra!

Teus olhos riem do meu silêncio...
Os pobres lumes não sabem ler,
meus silêncios são poesias,
que tua ironia não vê!

Tua cegueira sem graça,
insensível,imutável,
causa á mim dó.

Não tem pra mim algum valor,
tua ironia é só mais um engodo teu,
á disfarçar por mim um Amor!

Você é louca e Eu sonhador!!!

Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário