sábado, 16 de novembro de 2013

"SONHANDO "


Pra meu bem,
pra me fazer bem,
pra me declarar,
ao amor de quem
sou refém...

Vou cantar a capela
embaixo da sua janela...

A musica dela!

Vou recitar Cecília.
com voz empostada,
pausada, 
um inefável poema.

Que tenha amor como tema!

Espero o despencar suave
de um beijo jogado,
pela fresta da persiana.

Voltar a sonhar,
virar para o canto
sem quebrar o encanto...

Sem despertar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário