quarta-feira, 6 de novembro de 2013

"LOUCO,MAIS SÓ UM POUCO"




O POETA  
 É UM SER ESTRANHO...

VÊ BELEZA DO NADA,
E DO NADA TIRA SUA LIRA,

DELIRA ...
 LOUCO AOS POUCOS SE ESPALHA,
COMO PALHA SECA VOA SEM RUMO.

NUM MUNDO INATINGÍVEL,
MAIS TANGÍVEL E PALPÁVEL,
AOS OLHOS DA ALMA.

QUE COM CALMA,
O CRIA NA MÃO ,NA PALMA!

ALIENADO OU ALINHADO,
CONTEMPORÂNEO OU ATRASADO,
VAI...

EM PROSA ,EM VERSO,ESCREVENDO...

OS REVERSOS QUE A VIDA DA,
POIS...CABE-NOS APENAS VIVER TUDO,
ATÉ QUE UM NADA NOS FAÇA!!!

Reginaldo 06/11/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário