sexta-feira, 4 de outubro de 2013

"QUANDO NÃO HAVER MAIS NADA,AINDA HAVERÁ POESIA"




"QUANDO NÃO HAVER MAIS NADA,AINDA HAVERÁ POESIA"

AINDA QUE A ALMA SE ATORMENTE,
AINDA QUE O SOL ESTEJA AUSENTE,
AINDA QUE A CHUVA SEJA TORRENTE,
AINDA QUE A ESCURIDÃO SE APRESENTE,
AINDA QUE O AMOR SEJA APARENTE,

AINDA QUE A PAIXÃO SEJA ARDENTE,
AINDA QUE A VERDADE SEJA DOENTE,
AINDA ASSIM...

SOB CONDIÇÕES...

VOU ESCREVENDO ENTRE AS FRESTAS,
ME PONDO EM CADA LINHA,NAS ENTRELINHAS,
TENTANDO ARREDONDAR AS ARESTAS.

O QUE NÃO CABE EM MIM;
ESPARRAMA,
INUNDA,
ALAGA,INFESTA...

AINDA ASSIM SIGO.
POETA!


(Este é pra todos aqueles que sonham ,deliram e acreditam na utopia,poetas e poetisas Parabéns pelo seu dia)



Com imenso carinho por todos: Reginaldo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário