quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

"SONHO DA MENINA DOS OLHOS"


Tudo ser nada,
atordoado sentir,
revirar as expectativas,
reviver ,remoçar.

De tudo ser,
e mais nada,
de todo ser encantada,
as pétalas da calêndula.

Ser por insistência,
ser na existência,
na inocência,
criança!

Colher a esperança,
a flor que desabrocha,
pra ser pouso de borboleta!

Receber o carinho do tempo,
acalento do vento
e o beijo do colibri!

Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário