terça-feira, 9 de dezembro de 2014

"CADAFALSO"



Passo em falso,
corpo nu,
mãos e braços,
sob os pés descalços.

No encalço,
as dores de alguém,
que a vida fez
adorno de ócio
envolto no pescoço.

Na penumbra arte
um velho colosso,
que um dia foi moço
o rosto do masso,
da foto,o estrago
não lhe permite
o ultimo trago.

Agora lembra saudoso
dos idos em fumaça,
a beira do cadafalso,
tenta seu ultimo esboço,
antes das flores e o fosso.


Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário