sábado, 27 de dezembro de 2014

"AINDA FALANDO DE FLORES...!"





Subtérreo,
porta de ida,
agora pretérito,
sobras e saudades.

Subsistência,
aloja no inconsciente,
o frescor da imagem
o verde vida partida.

Semi-térreo,
sensações,
jardim de eternidade
portal do éden
retorno ao pó.

Certeza,
efêmero viço,
rabisco de esboço,
fugaz sorriso
vida abismo e fosso.

Cala tudo,cala dor,
cala boca,calabouço,
viver é caminhar pro fundo do poço...

É osso!


Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário