domingo, 17 de agosto de 2014

"NA AREIA"




Escreveu na areia da praia 
um poema de exaltação ao mar,
sua emoção foi tal,
que as águas molharam-lhe as mãos.

O mar roubou pra si o poema,
entendeu a profundidade daquelas palavras
rabiscadas na areia.

Segredou e apagou pra ninguém ler,
egoismo?
Seja o que for,
é ser só amor 
de amar o mar.


Reginaldo


Foto de Joelma Bittencourt

Nenhum comentário:

Postar um comentário