domingo, 17 de agosto de 2014

"HIERÓGLIFOS"



Tanta coisa a dizer,
mas o vazio que existe
só faz eco.

Um insistente silencio
ainda resiste as falas
que emudecem,

Deixa os olhos
falar por si
e assim diminuir a distancia.

Quem o sabe o vento
não te traga por descuido
pra perto dos braços.

Assim num abraço,
ela entenda o teu silencio
que cansou de gritar.

Então se desfaça este nó,
agradeça o silencio
pelo segredo guardado.

Como uma pagina lida
que aguarda ser entendida...
decifra-te!


Reginaldo

Um comentário:

  1. José Reginaldo, que poema delicado, cheio de imagens, conseguimos sentir cada trecho que você narra. Belíssimo e romântico, meu amigo!!!!
    "Como uma página lida que aguarda ser entendida...decifra-te." Amei isso, assim como todo poema.
    Tenha um dia abençoado!!!!

    ResponderExcluir