terça-feira, 1 de abril de 2014

"...ANTES QUE O DIA TERMINE"




Vou beijar tua boca,
acarinhar o teu rosto,
sentir o teu cheiro,
entrelaçar em teu corpo.

Vou abrir, depois a janela,
olhar o terreiro,
observar os meninos
e a bola que rola ligeiro.

Tomar o sol nas mãos,
sentir o calor da tarde,
e sem que seja tarde ,
declamar-te um soneto.

Ver no silencio dos teus olhos,
umedecer seus lamentos,
ali na boca da noite,
seus mais sórdidos desejos confessar...

Então se entregar ao Amor,
antes que o dia termine. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário