sábado, 3 de outubro de 2015

=Distâncias=




Na minha solidão interior,
sinto um toque de amor
no beijo da boca do vento...
Frio mas alentador!

O calor da noite que me abraça
embaça o pensamento solto
nos sopros do vento...
Que espalha!

Não atrapalha o encontro marcado
nem o amor em seu ato,
o solidão sentida abstrata é impalpável,
em suma não existe de fato!

Ha um caminho sem obstáculo
sem espinho nos pés ao pisar,
que nas noites sombrias
vou tentando passar...

Pra chegar onde ela está!


Jose Regí





Nenhum comentário:

Postar um comentário