sábado, 12 de setembro de 2015

=SIMBIOSE=






Absorvo-te a seiva,
o cipoeiro nos atam,
o nó de nós,
não desata!

Fundo-me a ti,
vários membros de um troco,
se entrelaçam na unidade,
de um corpo só!

Carne e unha,
alma e calma e tempo,
para que se feche as cicatrizes,
debaixo das nossas cascas.

Pois que meus passos são tuas raízes,
alimentando o sonho de sermos nós,
elo e junção de um florir
sem as amarras de uma estação!

Meu chão,meu corpo,meus olhos,
que o sol blinda,a chuva rega,
a noite cobre de luz...Fazendo sombra!
Onde não existo sem você!

Jose Regí Poesia

Credito da imagem=Ağaç Kadın

Nenhum comentário:

Postar um comentário