quarta-feira, 5 de agosto de 2015

"Olhos ingênuos Diário"






Busca o simples,
pisar o chão...descalço,
tocar a flor e deixa-la intacta
para o beijo do beija-flor.

Molhar os pés no orvalho da manha,
beber diamantes das folhas de inhame,
olhar com encanto o desnudar da noite,
enquanto se veste de dia.

Sentir a carícia do vento,
soprar confidências da vida,
além das montanhas Gerais,
buscar o simples...
e assim ter tudo!

Prazer pela vida,
e o que ela traz...

Ir somando,juntando,
cacos fragmentados,
para montar o vaso,
o lastro da historia,
o adorno no tempo
de um simples acaso.

Chegar no fim do dia,
com o cansaço surrando o corpo,
na cadeira de balanço do alpendre
colher o ultimo pôr do sol...

Agradecer ao céus pelo voo,
levar as asas para dormir,
e se entregar aos sonhos...

Encontrar-se!

Jose Regi Poesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário