domingo, 7 de setembro de 2014

"ÍNFIMA"



A menor flor,que for,
na palma da mão,
sentir o pequeno odor,
reverenciar a cor,
agradecer ao céus,
acariciar os cabelos dela,
e enfeitar com este mimo,
pequeno amor.

Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário