quarta-feira, 10 de setembro de 2014

"DESCOBERTA"


Na avidez dos versos,
na tês da pele tua,
na maciez do toque
suavidade nua.

La fora a lua,
cheia de curiosidade,
invade o quarto.

Clareia eternos momentos passantes,
num piscar de olhos resiliente,
retrata tua silhueta.

Outra noite em que o silencio
grita calado,para o amor mudo
ficar só com os gemidos.

Só mais uma vez!

Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário