sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

"MARCAS DO TEMPO"



Voo rasante,
fragmentos de sentimentos,
vazante de tempos antes,
estampidos,
estalos,
instantes.

Benfizeram-me seus lábios,
fonte dos meus desejos,
onde mato a sede,
de bem viver.
Amor além das colinas,
mais que desejo é Sina.  

Inocente aprendiz,
de uma alma felina
a vagar nos meus campos.
Nos troncos das Nogueiras,
rabiscos e recados,
pedaços de nós dois,
marcas Ferinas.

Arabescos artesanais,
entalhados a Unha,
olhos que viram 
tanto amor insano,
só queriam ver escrito...
"Eu Te Amo!"



Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário