segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

"EFÊMERIDADES"

Efêmero,
é o tempo que,
escorrem dos olhos,
juntan-se as lágrimas,
pedaços de dor,
passam pelos lábios,

derreten-se em beijos
e palavras doces
que amargaram,
por não serem ditas!
Relativo pensar
em momentos,
quando a eternidade
vira um sopro,
um vento.
Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário