sábado, 4 de janeiro de 2014

"CLARAESSENCIA"


CLARA SURGE,
ANTE O ROUGE AMANHECER,
COM RAIOS DE FIOS DOURADOS,
COM OS CABELOS DESARRUMADOS,
ASSUSTA ,MAS NÃO ESPANTA,
LOUCO OS OLHOS ENCARAM,
ENCANTAM.

VEM COM GRAÇA ,
EMBARALHA E EMBAÇA,
EMBALSA A VIDA,
REDOMA DE LUZ,
CALOR QUE SEDUZ,
ESTRADA,CAMINHO,
CONDUZ.

VEIO DE TRAZ DA ESCURIDÃO,
EMPURROU-A PRA LONGE,
PÔS LUZ NAS SOMBRAS,
PENUMBRA SE FOI,
COM OS OLHOS DO DIA,
SE FEZ CANÇÃO ,MÚSICA,
MELODIA.

ROMPEU COM AS TREVAS,
VAGA NA CLARIDADE,
NA FLOR DA IDADE,
VIÇO E FELICIDADE,
LINDA,EXUBERA E SUPERA,
O MÉRITO DO MEU MERECER.

DIGNO SOU?
SERA?
DE TER O TEU AMOR?

BELA ,LINDA,
MENINA AINDA,
EXIBINDO-SE MULHER,
NINFA EM METAMORFOSE,
DESFAZ-SE DO CASULO,
PRA VIAJAR NO IMAGINÁRIO,
DESTE SEU ADMIRADOR.



Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário