"SOMBRA TORTA"




Eu menino,
corro todos os riscos
na areia desta tormenta.

Mar revolto,
da inocente aparência,
armadilha,calabouço.

Meu anjo da guarda,de guarda,
guarda-me desta sombra torta
a espreitar.

Minha sina,má sorte,
a constante e inevitável
companhia da morte. 

Reginaldo

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tributo a meu berço

"Flor Bebê"

Obra inacabada