sexta-feira, 12 de abril de 2013


"EPITÁFIO"                                    



Aqui jaz...
alguém que passou dessa vida.

Tranquilo e sereno,
comprando e vendendo,
ganhando e perdendo.

Não viveu pra si,
fazia pensar,refletir...
Que sentido teria...
Partir.

ele não foi... aceito,
vendido,comprado,
rejeitado, inocente... 
Culpado.

Foi ceifado em noite fria.
Perdeu a cabeça,seus pensamentos,
Sua vida ...
Sua euforia.

Juntou  nada do tudo que tinha,
partiu sem semear seu jardim.
Descansa ,agora lá fora,
plantado no relento eterno...
Sem fim.

Se faz lembrar no epitáfio;
"nasci,vivi,morri e agora...?"
  
Estou aqui ,ali,lá,
em todo canto.
Agora sou brisa leve,
fumaça,serração...
Sou areia,poeira,terra... 
agora sou...
Chão.


                          Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário