terça-feira, 16 de abril de 2013



"a noite e eu"

sozinho com meu eu,
apaguei a lâmpada,
soprei a vela,
a lua se escondeu.

só pra escuridão
mostrar no céu
a luz da constelação.

aglomerado de pirilampos
com piscadelas multicor,
adornos celestiais,
campos de semeador.

tem Ursa,
escorpião,
touros,
seres de mitologia...
a noite é pura poesia.

vagam meus olhos
na imensidão...
procurando vê-la,
quem sabe te encontro
em meio as estrelas.



                        Reginaldo


Um comentário:

  1. Olhar as estrelas é mesmo mágico, Reginaldo. Um dia passei três horas olhando para elas e acabei sonhando com minha avó, falecida há anos, dizendo que veio me visitar. Sonho tão real! Acho que o que parte vai para estrelas. Por isso elas me trazem tantas saudades.

    Beijos,

    ResponderExcluir