sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

"MOINHOS DE VENTO"


Quixote encontrou
o pequeno Pixote,
sem armadura,sem escudo,
sem proteção,sem nada...

Deu-lhe acolhida no moinho,
Quixote tinha o Don,
de fazer ninho no vento.

Montou em seu cavalo
e partiu cantarolando,
seguindo seu destino
no sopro do catavento.

Pixote pequeno?

Era o Don de Quixote,
de se rever em delírio,
moleque,pequeno,pixote...

Moinho!

Era o medo de crescer,crescendo...!


Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário