sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

"Deus e Eu no jardim de infância"



Um lugar depois do sorriso,
onde a paz se faz com o vento,
com o lamento do tempo
ondulando o espelho d`água.

Um olhar sereno,
um despertar viçal,
uma oração.

O verde de todas as rosas,
o azul refletido nos olhos,
o cinza mais belo
que o pôr do sol,
no vermelho fogo
de viver cada pulsar.

Imaginar o Divino criar,
um lugar além dos olhos,
Deus e Eu nos rincões
distantes de uma lágrima.

Um Paraíso,
um éden
um ser elementar
nos quatro cantos
da mais profunda Beleza.

A Natureza é o próprio Deus,
que se faz ver,sentir e tocar,
tão simples quanto aquarelar
o amanhecer com guache e pincel
no jardim de infância!


Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário