sair da noite eterna
,
subestimar á escuridão
,
diminui-la...

com a leveza e suavidade

do flutuar inocente da luz do imaginar.

sair das trevas,do claustro

ser dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tributo a meu berço

"Flor Bebê"

Obra inacabada