INOCENCIA
hoje...
olhei nos olhos
dos meus filhos...
percebi que algo 
havia se perdido.

dentro daqueles olhos azuis ,
procurei... sem encontrar.
que perda seria?
me indaguei...

de repente ,num estalo...
percebi claramente,
já não havia mais aquele 
olhar inocente.

o que antes,
me fitava com curiosidade,
iniciante...
agora tinha um ar desafiador,
distante.

quero de volta aquele olhar
de antes,sem desvios...
impactante.
que deixou completamente
dependente esse pai.
desse olhar ,inocente ,carente,
penetrante.

a vida segue 
sempre adiante...
a certeza ,certa é cortante,
um dia vai chegar hora
desse olhar ficar distante.
é fato certo e recorrente,
apenas quero pedir,
quando esse dia chegar,
jamais ,jamais, deixe 
de ter meus filhos,
esse brilho inocente
no olhar.

Reginaldo



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tributo a meu berço

"Flor Bebê"

Obra inacabada