segunda-feira, 25 de março de 2013




"corda bamba"

essa cerca que me cerca
que me arranha a pele
que de abrigo ainda serve 
para seres que não vejo

arame de pontas finas
onde o orvalho se equilibra
tentando me mostrar
a beleza além dali

essa cerca que prende
que limita
que não permite
um dia inda vou pular!

as farpas e a prisão 
a dureza da cerca
ficarão
só na imaginação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário