terça-feira, 26 de março de 2013


        Por onde andavas?

por onde andavas?
que caminho pegaste
que não o meu?
hoje estais perdida...
na encruzilhada da vida
nossos rumos se perderam.
que pena...!
que sorte!
foi necessário a escuridão
para se fazer luz
em seu coração,
diferente caminhar
para enfim encontrar seu lugar
aqui nos meus braços
e se alojar pra nunca mais
dar ouvido ao seu pensar.
dois comandos doidos
mente e coração
razão e emoção
a quem obedecer?
a mente prepara a armadilha,
o ingenuo coração sempre cai
sofre ,sangra,mais vai
teimoso,não se acovarda jamais.
nessa bifurcação te
encontrei de novo
cara a cara,olho no olho
me de suas mãos
vamos juntos terminar a travessia
encontrar a nossa essência
juntos pra nunca mais
ou pra sempre.

Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário