terça-feira, 14 de julho de 2015

"oráculo"



Aquele que não assume seu eu,
foge das pedras do caminho,
se acovarda ante o abismo...

Infeliz é este que não nada,
nas correntezas de suas tribulações,
nas águas barrentas de seu viver...

nos rebojos
onde rodam em círculos
os acúmulos de seus pesares.

Infeliz é este que não assume tuas
turbulências,seus temporais,
teus dias nublados...

Estes não terão o calor do sol,
a bonança
e o céu claro...

Nem enfim gozarão,
do abraço do Mar
e de sua calmaria!

Jose Regi Poesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário