quinta-feira, 1 de agosto de 2013


"OBSCURESSENCIA"

O que aconteceu ,com a canção do vento?
Que estava em todo canto,em todo tempo.
Porque emudeceu?

O que ouve com as madrugadas?
Sempre bem regadas à vinho tinto e poesia.
Amanheceu?

O Que foi feito de mim,
porque não me encontro aqui?
Será que findou o meu "Eu"?

Não sei...
Não ouço...
Não sou.

Acho que já fui!
Em outras eras...
Morreu a suavidade,
embruteceu!

Na luz vê-se a fera,
que os olhos temem,
no outro lado da esfera.

A Sombra oculta...
A Luz revela,
Paralelos de um
ser atormentado,


                               Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário