segunda-feira, 26 de agosto de 2013

FUGA

         

A poesia ,foi a forma
que alguns encontraram
para dar vazão aos seus 
anseios mais absurdos,

suas fantasias surreais.

É a loucura expressa 
de maneira lírica,

Onde aflora a sensibilidade .

Diante ao sisudo e truculento
mundo real.


Uma viagem ao avesso,
uma fuga.


Uma insólita convergência,
entre o real e o abstrato.


Pintando a vida com cores
menos fria,menos cinzenta...


"Primavera no outono!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário