"FUGINDO DE MIM"



Vou sendo,
me contorcendo,
tudo acontecendo...

Me acendo e aceno,
rumo ao meu interior.
Mergulho na inquietude
que já não cabe em mim.

Agora  parte de mim,vou pari...
Vou dar a luz que me falta,
neste casulo sombrio, 
buscar a clareza essencial .

Nesta disparidade,
vou me desconstruir,
daquilo que nunca foi concluído,
inacabado,incompleto,imperfeito...

"Eu"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tributo a meu berço

"Flor Bebê"

Obra inacabada