segunda-feira, 17 de junho de 2013



"VOU DAR-TE UM TEMPO"

Vou por as roupas na mala,
deixar o sofá da sala
vago pra outo deitar.

Vou colocar-te na bagagem
vou pagar-te a passagem
não te deixar pra traz

Nesta viagem sem volta
vou descartar a revolta
por seu inútil ignorar

Levarei comigo a foto
registro daquele beijo,
aquela fora de foco

Guardarei comigo o doce
sabor desse amor,
que ainda não amargou

Vou pra longe de ti
pra ver se assim ,
me notas em fim.

Quando a saudade bater,
vais apanhar tanto,
vais ver o que é sofrer.

Vais pedir ao vento
esse mensageiro do tempo
que leve seu lamento

Vou desfazer a mala
retomar meu lugar na sala,
de novo...

Ama-la.


Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário