quinta-feira, 27 de junho de 2013



"MUTAÇÃO"

Dentro da caixa de pandora,
que lhe servia de prisão;
uma figura decadente
inicia á mutação.

Do bruto a delicadeza,
Do pesado a leveza,
Do rastejar para o céu.

Ganha forma e beleza,
encontra a certeza,
Agora esta livre
o homem Borboletou

Trocou braços por asas,
truculência por suavidade,
livrou-se de si mesmo e voou.

Desfez-se da casca,
transmutou para o belo,
descobriu sua luz.


Reginaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário