segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

"NORMAL,MAS LOUCO!"


Não é ser diferente,
é simplesmente ser,
ver além do horizonte,
uma ponte que traga o bem viver. 

É chegar ao arco-iris,
pra contemplar as sete cores,
é galgar cada degrau na escala da vida,
um a um pra chegar ao cume,
é encher o vazio da alma,
encadear-se no lume.

Depois voltar a realidade,
com a felicidade nos olhos,
e a sensação de incomodar.

Irão então te alcunhar,
irão dizer que és louco,
mas irão amar você,
irão ouvir tuas palavras,
ao ver a beleza estampada no simples.

Poderão até acha-lo aluado,
que não sois normal,
mas serás o máximo,
pois sois poeta,
e poeta sendo,
vê beleza até nos insultos.

Quem foi que ditou regras?
O que  é normal?
Sois vós uma incógnita?,
Uma variante no tempo?
Viajante?

Sois flutuante na busca do equilíbrio,
oscila entre a sobriedade e a loucura,
entre o claro do dia e a noite escura.

Pois sois poeta,
e sabes que a vida
nem sempre é uma flor colorida,
vez ou outra se mostra cinzenta,
mas ainda sim é uma flor.

Sendo assim...
Não sois diferente,
és simplesmente,
um capitão entre as margaridas!

Reginaldo     10/12/2013 

Nenhum comentário:

Postar um comentário