sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

"COMO ESTÁ ESCRITO..."





...E o tempo passa,voa,
como um pássaro,passa
com suas asas de suaves plumagens,
causam vertigens e rumam em viagens,
Depois pousam,repousam,nos galhos
que lhes são estalagens,
parado até o próximo vento.

Há de se cumprir a profecia,
realizar a sonhada utopia,
brandar a nostalgia tardia,
como se fora lá na poesia,
onde escrito está,
que um dia o amor e o ódio,
se darão as mãos,
toda prepotência e arrogância,
perderão de vez a essência,
e toda ciência será simplesmente
saber viver.

Tudo se harmonizará,
se equilibrará, enfim
tudo será como fora sonhado.
O fim chegará 
para o conflito armado da alma,
desta forma na calma do silencio,
se ouvirá os aplausos do destino.

Tudo no espaço de um instante,
deste relevante e embetumado tempo,
que se faz ontem,
mas que ainda agora era hoje,
com ar de velho conhecido,
já se foi,
já fora um dia um alvorecer dourado,
do amanhã sonhado,
que me fora dado de presente.

Sigo na trilha desta esperança,
encaro de novo,
o novo,
o inesperado,
o inédito,
estrear no palco dos dias que virão,
eu ator principal no teatro da vida,
imperfeito ,inseguro,
mas de braços abertos,
para abraçar o futuro.
Que a seu tempo nascerá,
em tempo ,
nunca prematuro! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário