quinta-feira, 11 de julho de 2013

"ENGENHOCA"




"ENGENHOCA"

Com a suavidade
precisa dos passos
marcados na clássica 
bailarina.

Dançarei nos campos
de framboesas,
a música do vento.

Com toda malemolência
da engenhoca que me tornei.

Desvirtuada maquina humana...

Imperfeita!

Nenhum comentário:

Postar um comentário